CEO ARTEB destaca fórmula para empresa inovar e ser competitiva no mercado global de sistemas de iluminação automotivo

Em Painel Encontro da Indústria Automotiva na Automec sobre o mercado de reposição, participação de Edson Brasil, vice-presidente da Arteb, ressaltou a importância dos meios digitais, conectividade, eletrificação do sistema de transmissão e direção autônoma, entre outros.

A ARTEB completa 85 anos em 2019 e, em cada momento de sua existência, busca sempre soluções e novas formas de atuar por meio de sua capacidade produtiva, tecnologia e parcerias no mundo para ganhar mais escala e volume. Esta foi uma das afirmações de Edson Brasil, vice-presidente da ARTEB, uma das mais importantes indústrias em sistemas de iluminação para o setor automotivo no mundo e líder no mercado nacional com know-how em tecnologia de led, no Painel Mercado de Reposição, promovido, no dia 22 de abril, durante a Automec, em São Paulo/SP. “Buscamos as oportunidades”, ressaltou.

No debate, Brasil disse que, hoje, o mundo digital dissemina rapidamente informações e, por isso, é necessário que as empresas se aproximem dos consumidores com dados sobre sistemas de iluminação, no caso da Arteb, por meio do site corporativo e das redes sociais.

Durante o painel, um estudo da McKinsey sobre o setor de reposição brasileiro, desenvolvido em parceria com o GMA – Grupo de Manutenção Automotiva, mostrou que o mercado de reposição está crescendo. A previsão é que  totalize mais de R$ 120 bilhões até 2022.

Bernardo Ferreira, sócio da McKinsey, destacou 10 tendências disruptivas do mercado de pós-venda. Do lado consumidor, citou digitalização de canais e melhoria da experiência, advanced analytics, aumento da importância dos clientes frotistas e envelhecimento da frota brasileira nos próximos 5 anos. Com relação aos veículos, apontou aumento da conectividade, novos serviços, mobilidade compartilhada em alta, eletrificação do sistema de transmissão e direção autônoma. Sobre a competitividade, disse que haverá mais players e consolidação e integração da indústria.

Em sua participação, Rodrigo Carneiro, presidente da ANDAP, enfatizou que os produtos estão se unificando com os meios digitais e, por isso, é preciso agregar valor à oferta e devido às exigências cada vez maiores dos consumidores há necessidade de investimentos em tecnologia e catálogos eletrônicos. Já David Catasiner, diretor de vendas e marketing da Zen, ressaltou que a marca é o principal ativo de uma empresa e deve ser sustentada por portfólio completo, forte rede de distribuidores, redes sociais, Automec, marketing de conteúdo e parcerias.

Ao final do painel, Brasil afirmou que, assim como a ARTEB, que sempre aprendeu novas formas de atuação no mercado, o setor de reposição também terá tempo para aprender, se preparar e traçar novos caminhos.

A Arteb, uma das mais importantes indústrias em sistemas de iluminação para o setor automotivo no mundo e líder no mercado nacional com know-how em tecnologia de led, localizada em São Bernardo do Campo (SP), também foi uma das patrocinadoras do Encontro da Indústria de Autopeças.

 O evento, promovido pelo Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), reuniu mais de 400 pessoas, entre empresários e personalidades do setor automotivo, no São Paulo Expo, na capital paulista, para debater diversos temas relevantes, entre eles, tendências e perspectivas do segmento.

0 respostas

Deixe um comentário


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *